Um sítio de dieta, sempre em busca da linha... Já que "Ser gordo/a Hoje" é não estar ancorado à margem dos prazeres da vida.

.posts recentes

. ...

. Chegou mais um verão...

. Tudo de bom neste ano 201...

. Acabaram-se os doces!!

. Diabetes??? Não faltava m...

. Petiscos ...

. Dilema..

. Nunca é demais recordar

. variedades de linhaça

. Síndrome Metabólica

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Julho 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Maio 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Janeiro 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Novembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

Domingo, 29 de Maio de 2005

...

O Balão intragástrico


PIC_0071.JPG



Existem no mercado soluções para a perda rápida de peso recomendadas a quem, como eu, sofre de obesidade severa ou mórbida. Uma dessas soluções é o balão intragástico.


O balão, uma prótese produzida em silicone macio, é introduzido no estômago, por endoscopia, no qual depois se insufla uma solução salina esterilizada (soro fisiológico) e corante, mais ou menos 500 ml.


PIC_0072.JPG



A vantagem deste programa, medicamente acompanhado, passa por se conseguir uma perda de peso sem correr o risco de uma cirurgia ou dos fármacos.


PIC_0075.JPG


O objectivo deste "aparelho" dentro do estômago é transmitir, a quem o coloca, uma sensação de saciedade ou de falta apetite. O balão é removido ao fim de seis meses.


Está indicado a quem tem um índice de massa corporal entre 30 e 39kg/m2 ou a pessoas com um IMC acima dos 40kg/m2 que recusem a cirurgia ou tenham contra indicações. Por vezes também é utilizado como pré-operatório de pacientes super obesos (IMC superior a 50) para reduzir os riscos cirúrgicos e também em diabéticos.


O processo de colocação desta prótese intragástrica passa por três partes importantes. Uma equipa multidisciplinar composta por médicos, nutricionistas, psicólogos e terapeutas de exercício físico acompanharão cada passo com incentivo e apoio.


Durante as reuniões regulares com equipa serão aprendidos novos princípios necessários para gerir o peso e promover a saúde por um longo prazo. Princípios já muitas vezes referidos neste blog. Tais como: cuidar da nutrição, prática de exercício físico e aprender a sentir motivado pelos sucessos tornando os princípios em hábitos permanentes para o longo da vida.


No desdobrável, que eu tive acesso, são referidas como grandes vantagens à introdução do balão intragástrico o seguinte:



  1. Ter uma sensação de saciedade;
  2. Perder mais peso do que com outros programas alimentares; 
  3. Benefícios de uma abordagem sem cirúrgia e sem medicamentos.

É um procedimento simples realizado em regime ambulatório que durará entre 20 a 30 minutos. 


Na primeira semana é feita uma dieta líquida. Depois da primeira semana começa-se uma dieta com sólidos com recomendações do nutricionista.  


As perdas de peso médias apresentadas rondam os 20 kg de peso durante os 6 meses. Podendo ser mais ou menos conforme a resposta do organismo e o cumprimento das recomendações, durante o período em que estiver o balão no estômago. É de referir que os resultados obtidos por este método são superiores aos obtidos por tratamento clínico e inferiores obtidos pela cirurgia. Estima-se ser uma redução de cerca de 1/3 (30%) do peso em excesso.


Não podem ser candidatos a este tipo de programa pessoas que tenha as seguintes condições:



  1. Historial de GI, obstrução, peritonite adesiva ou hérnia hiatal grande;
  2. Grave diagnóstico de doença renal, hepática ou pulmunar;
  3. Tratamento crónico de longa duração com esteróides;
  4. Falta de vontade de adaptar os hábitos alimentares essenciais para o sucesso da terapia;
  5. Dependência de drogas ou álcool nos últimos doze meses;
  6. Gravidez.

BioEnterics® Intragastric Balloon (BIB®) SystemComo acontece com todos os procedimentos médicos há potenciais riscos de reacções imprevistas, desconhecidas ou adversas aos medicamentos do próprio procedimento.


Podem ocorrer efeitos colaterais temporários, como vómitos, dor abdominal e desidratação ou intolerância ao balão, o que leva à sua retirada.


Converse com a equipa para que nada seja surpresa durante procedimento mas sim que todas as etapas sejam apenas etapas previamente preparadas e rapidamente ultrapassadas.


É importante saber que a filosofia ou o princípio, tando do balão como da banda gástrica, é: fornecer a sensação de saciedade ou da falta de vontade de comer ao cérebro. Ambos são uma ajuda para melhorar o estado físico do obeso que não consegue vencer por si só, cumprindo programas de alimentação restritiva e exercício físico.


O que acontece depois de retirar o balão? Passados os seis meses ele será retirado por via endoscópica. Depois da retirada, pode-se colocar outro balão, optar pela cirurgia de obesidade ou ainda apenas iniciar um programa de manutenção do peso perdido.


Cerca de 50% dos pacientes após a retirada do balão, voltam a ganhar peso.


Hoje, em Portugal, estes actos médico já são comparticipados por alguns subsistemas de saúde.


 


 

publicado por marce às 18:28
link do post | Deixa aqui o teu recado | favorito
9 comentários:
De Anónimo a 2 de Junho de 2005 às 22:34
Marce, começo a achar que a minha mulher teve sorte em fazer o programa de que toda a gente fala e pouca gente gosta, até estou com os pelos dos braços eriçados, gggllluuuuuuuupppppp!!! Boa sorte, ;)jorgeassunção
(http://nutrilissimo.blogs.sapo.pt)
(mailto:januarioassuncao@sapo.pt)
De Anónimo a 2 de Junho de 2005 às 14:37
Ola miga, eu via a banda gastrica como a unica solução para o meu problema de peso e cheguei a ter a operação marcada. Mas como tenho muito medo da dor não fui operada. A chirugia do balão não é uma operação pois o balão é colocado por endoscopia e com anestesia geral... n ha cortes... O unico problema é k o balão so pode estar dentro de nos 6 mêses e depois de retirado normalmente volta-se a engordar... Eu sei de isso porque falei com a minha nutricionista.Sabes amiga eu pessoalmente acho que deves de tentar esgotar todas as possibilidades até chegares a conclusão que deves de recorer a cirugia. Eu não sei quanto peso tens mas eu fiz assim inscrevi-me na nutricionista no hospital de Gaia, vou as consultas de psicologia k é obrigatorio e começei uma dieta... se resultar so com a dieta muito bem se não resultar sempre estou em lista de espera para fazer qualquer tipo de cirugia. Uma coisa que me ajudou muito foi falar com amigas do blog k fizeram a operação... Porque é assim nunca vais acordar depois da operação magra... qd acordares tens uma longa luta a tua frente porque mesmo com a banda ou o balão tens de fazer dieta... e se comeres muito devagar consgues na mesma comer tudo o que comias antes...Gostava de falar melhor contigo e de trocar impressões. Beijinhos Grandes e força. SandraSandra
(http://www.metamorfosedaxandrinha.blogspot.com)
(mailto:angel_open@msn.com)
De Anónimo a 1 de Junho de 2005 às 02:21
Realmente perder peso mais rapidamente é mesmo mto apelativo mas eu sou uma maricas no que diz respeito a operaçoes..até da lipoaspiraçao tenho medo..estas a considerar?Cat
(http://emdieta.blogs.sapo.pt/)
(mailto:catemdieta@hotmail.com)
De Anónimo a 1 de Junho de 2005 às 00:41
Bom, eu acho que não me posso considerar gorda, mas desde que trabalho em casa (sensivelmente 20 meses) engordei 7 kg! Em Maio comecei uma dieta, mas ainda só devo ter perdido umas 200 gramas. Bolas, como é dificil emagracer! Antes tinha dificuldade em engordar e comia como um leão, agora como um pisco e engordo só de olhar para a comida. Grrrrr BjinhosFormiguinha
(http://formiguinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:blog_formiguinha@sapo.pt)
De Anónimo a 31 de Maio de 2005 às 14:54
A banda grástrica, penso que nunca será um boa solução. É sempre uma cirurgia :( com os riscos associados. Conheços vários casos de pessoas que perderam mais de 30 kilos, de forma natural.
Boa caminhada, no vosso percursoNuno
(http://www.percapesopergunte-me.com/shape)
(mailto:rochanuno@hotmail.com)
De Anónimo a 30 de Maio de 2005 às 21:29
Ola amiga,
Tudo bem contigo????Estas a pensar em colocar a banda gastrica? Força continua na luta.
Um beijo....isaloura
(http://tirandokilos.zip.net/)
(mailto:isaloura@hotmail.com)
De Anónimo a 29 de Maio de 2005 às 23:45
olá, minha linda estás a pensar na banda gástrica como possibilidade para ti?? Sei que tem sido um sucesso para muitas pessoas...
Diz alguma coisa
Beijinhoscaralinda
(http://caralinda.blogs.sapo.pt)
(mailto:caralinda10@sapo.pt)
De Anónimo a 29 de Maio de 2005 às 18:33
Pois está. Vamos todas embarcar no desafio!Mónica
(http://maissaudavel.blogs.sapo.pt/)
(mailto:e-monicaferreira@sapo.pt)
De jogos de motas a 11 de Maio de 2011 às 18:47
è importante mudar drasticamente os habitos alimentares e fazer exercicio fisico. A comida normal que ingerimos é demasiado calorica.

Comentar post

.tags

. todas as tags

.favorito

. Eu vou nº 1

.links

.Como vai a a minha dieta?

Estou há

 

 

0 dias!

 

sem cometer deslizes.
Meu record são 00 dias!
blogs SAPO

.subscrever feeds