Um sítio de dieta, sempre em busca da linha... Já que "Ser gordo/a Hoje" é não estar ancorado à margem dos prazeres da vida.

.posts recentes

. ...

. Chegou mais um verão...

. Tudo de bom neste ano 201...

. Acabaram-se os doces!!

. Diabetes??? Não faltava m...

. Petiscos ...

. Dilema..

. Nunca é demais recordar

. variedades de linhaça

. Síndrome Metabólica

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Julho 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Maio 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Janeiro 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Novembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

Sábado, 24 de Setembro de 2005

Gelatina

 




Curiosa com o consumo matinal de gelatina da nossa amiga e lutadora Elsa resolvi colocar-me em campo para saber mais sobre esse produto.


Aqui ficam os resultados:


Para começar fiquei com a idéia de que ela não se limita apenas a quem está de dieta. Não é apenas água... A gelatina é muito saudável contribuindo para a beleza da pele, do cabelo e uma fonte protectora do tónus muscular.


E, é pouco calórica!


Extraída do colagénio animal (pele, cartilagens e ossos), em especial do bovino. É versátil, saborosa, de fácil e rápida preparação. Acontece ainda que é uma boa fonte de aminoácidos, contendo 9 dos dez essenciais ao organismo, fundamentais na manutenção e renegeração dos ossos e algumas articulações.



Pode ser adquirida em folhas, em pó, associada a vários sabores,  ao natural ou em cápsulas.


Porém existe diferenças nas gelatinas que compramos em supermercados e as que se adquirem em casas de produtos naturais.


As casas suplementos alimentares vendem o colagénio em pó, ou em cápsulas, que é o colagénio na sua forma pura. Já a gelatina-sobremesa do supermercado, que também tem colagénio na sua composição, porém, em menor quantidade. Ora para conseguirmos  umas unhas, um cabelo, uma pele bonitas é necessario o consumo de colagénio "in natura", devido á maior concentração de nutrientes.



A gelatina não é um alimento novo. Já é conhecida desde o antigo Egipto onde se utilizava para garantir as proteínas necessárias ao organismo apesar da  sua comercialização começar apenas nos anos 50.


O seu nome de origem latina indica-nos para que serve. "Gelatus" significa rígido, gelado e serve precisamente para isso, para dar consistência e rigidez aos alimentos.


A gelatina como se disse anteriormente á um aditivo natural e que não necessita de nenhum elemento químico para a sua transfformação.


Composição: 84% de proteína; 0% de gordura, 2% de minerais e muita água (14%).


 



Não tem conservantes e colorante sendo isenta de colesterol e matérias gordas. Destaca seu poder como espessante, embora o mais importante seja a capacidade que mantem para conservar o sabor dos alimentos no seu estado mais puro, já que é uma substância inodora e insípida.


A gelatina, ao ter multiplas possibilidades, pode também dissolver-se em sumos de frutas e outros líquidos para empregar em númerosos pratos e doces receitas.


 

publicado por marce às 23:20
link do post | Deixa aqui o teu recado | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 27 de Setembro de 2005 às 10:00
Uauuu!!! Primeiras!!!!
Só queria dizer que fizeste uma boa analise como sempre do alimento em questao, neste caso da gelatina. Eu á sabia que a gelatina era uma boa fonte de calcio, mas vai mt para alem disso! BjinhoSusana
(http://pensamentosecoisas.blogs.sapo.pt)
(mailto:susana03@clix.pt)

Comentar post

.tags

. todas as tags

.favorito

. Eu vou nº 1

.links

.Como vai a a minha dieta?

Estou há

 

 

0 dias!

 

sem cometer deslizes.
Meu record são 00 dias!
blogs SAPO

.subscrever feeds